Fone de ouvido sujo
Saúde e Bem-Estar / Tecnologia

Além de nojento, o fone de ouvido sujo pode ser muito perigoso

Muita gente ama música e não consegue sair de casa sem um fone de ouvido, e na correria dos dias atuais, pode acabar não percebendo que ele está sujo, encardido, com partes cobertas de cera de ouvido ou fedido, por conta do acúmulo de suor. Além de nojento, o fone de ouvido sujo pode ser muito perigoso, e hoje você vai descobrir o motivo e como limpá-lo corretamente.

Veja também:

Limpar, pra quê?

Usar o fone de ouvido de maneira contínua pode afetar o mecanismo de autolimpeza do ouvido, que expele cera como uma forma natural de eliminar bactérias. “Se o ouvido está tampado, isso não funciona como deveria, e as bactérias acumulam no local”, explica João Prats, infectologista da Beneficência Portuguesa de São Paulo.

Os fones em formato de concha (que se apoiam em tiaras) juntam bactérias nas almofadas, devido ao suor e restos de pele morta, já os intra-auriculares (aqueles que vão dentro da entrada da orelha) tendem a acumular cera de ouvido.

“A falta de higiene com estes produtos pode levar a infecções do ouvido, bacterianas ou fúngicas, ou a indução de dermatites ou eczemas”, diz Eduardo Bogaz, otorrinolaringologista da rede de Hospitais São Camilo de São Paulo. Os fones que vão dentro da orelha podem causar ainda otite externa (infecção do ouvido externo).

dividindo fone de ouvido

Quando limpar?

Bogaz afirma que os fones com almofada devem ser limpos semanalmente e com regularidade para retirar resíduos de descamação de pele e cerume. Mas o ideal é que a sujeira seja removida sempre que houver necessidade. Já os outros fones devem ser limpos toda vez que forem ser inseridos no ouvido.

De que maneira limpar?

É sempre indicado que você consulte o manual de instruções para descobrir se existe alguma orientação específica sobre como limpar seu fone. Mas de forma geral, deve-se usar álcool com concentração de 70%, que é bactericida. O importante é não exagerar e “afogar” os fones, nem usar outro tipo de álcool.

Para não ter erro, use paninhos embebidos no álcool tanto nas almofadas quanto nas superfícies rígidas do fone. Alguns fabricantes recomendam também um pano com água quente e sabão para a limpeza das almofadas.

Caso o fone tenha partes removíveis, recomenda-se que elas sejam higienizadas individualmente.

Para finalizar, é importante alertar que a higienização é especialmente importante quando você for emprestar o fone para alguém. Sim, ele pode passar infecções para o amigo e do amigo para você.

Autor

Católico Apostólico Romano, Publicitário, funcionário público, ilustrador e blogueiro. Apreciador de quadrinhos, artes e tudo o que pode transformar vidas para melhor. Acredita que fé em Deus, conhecimento, troca de informações e experiências podem ajudar a construir um novo mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *