De Volta Para o Futuro

7 tecnologias do filme ‘De Volta para o Futuro’ que ainda não existem

Confira algumas previsões de Marty McFly que ainda não saíram do papel

Videochamadas, funcionamento por comando de voz, câmeras compactas, drones e biometria são algumas das previsões que o filme De Volta para o Futuro acertou em cheio. Algumas delas já existem há algum tempo e são populares antes mesmo do dia 21/10/15.

Mas como nem tudo é perfeito, algumas tecnologias que Marty McFly encontrou durante a sua viagem para o futuro ainda não são realidade. Bom, pelo menos ainda. Você sabe que tecnologias são essas? Continue lendo este artigo e descubra.

telecom

7 curiosidades sobre o mercado brasileiro de telecom

Confira fatos curiosos sobre o mercado de telecomunicações no Brasil!

O segmento de telecomunicações está presente com muita intensidade em nosso dia a dia, de empresas a pessoas físicas, de ligações convencionais à tecnologia VoIP e de telefones fixos a smartphones.

Esse mercado é muito forte no Brasil e está em constante ascensão, já que a comunicação é imprescindível para todos. Mesmo com tanta evolução da tecnologia, ela não deixou de existir, mas sim melhorou com o passar do tempo.

O mercado nacional de telecom reserva alguns dados, estatísticas e curiosidades bastante interessantes e que ajudam a entender sua força. Depois de conhecê-los, você passará a olhar para o setor de uma maneira ainda mais especial.

Google

O Google e algumas curiosidades sobre a empresa

Como seria a sua vida sem o Google? Atualmente muita gente se vê dependente do buscador e imagina que nele existe resposta para tudo, inclusive para coisas que nem seríamos capazes de perguntar. Neste ano de 2018, a empresa comemorou 20 anos.

Foi em 27 de setembro de 1998 que Larry Page e Sergey Brin montaram o primeiro escritório na garagem da amiga Susan Wojcicki, hoje CEO do YouTube, para transformar o projeto de pesquisa na Universidade de Stanford em uma empresa. Dali, começaram a mudar o mundo.

tempo na internet

O brasileiro passa muito tempo na internet

Você passa muito tempo na internet? É interessante saber que o brasileiro é amante das redes sociais, está ultraconectado e cada vez menos dependente do computador para acessar a internet. Com nove horas e 14 minutos diários de acesso, Brasil fica atrás apenas de Tailândia e Filipinas na estatística de acesso mundial. No Brasil, 47% dos internautas combinam acesso entre computador e celular. Os que usam apenas dispositivos móveis somam 49%. Vamos saber um pouco mais sobre isso?

o Tinder para gordinhos

Você já conhece o “Tinder para gordinhos”?

É interessante saber que o WooPlus é um aplicativo para dispositivos móveis semelhante ao famoso Tinder e realmente já foi apelidado carinhosamente de o “Tinder para gordinhos”. Basta cadastrar o perfil e se preparar para conhecer novas pessoas. Esse, no entanto, é voltado para o público “plus size” que deseja encontrar parceiros (as) ou admiradores desse tipo de forma física. E cá pra nós, quem disse que todo mundo só gosta daquele tipo de aparência que estampa propagandas na TV, revistas, jornais, internet e outras publicações?

inteligência artificial

Inteligência artificial para abrir olhos nas fotos do Facebook

Se você acha que inteligência artificial é apenas assunto de filme de ficção científica, está redondamente enganado. Hoje em dia, diversas empresas em todo o mundo trabalham no desenvolvimento de vários equipamentos inteligentes e alguns deles já são até comercializados.

Mas o assunto de hoje é uma ferramenta desenvolvida pelo Facebook capaz de não só identificar fotos em que você saiu com os olhos fechados, mas também corrigir o inconveniente. O app literalmente “levanta” as pálpebras fechadas. Vemos entender melhor como funciona.

Invenções inúteis

As invenções inúteis de Simone Giertz

Hoje você vai saber um pouco mais sobre as invenções inúteis de Simone Giertz. Ela é uma inventora sueca muito entusiasmada, divertida, muito bonitinha e fascinada em robótica. O jeitão doido da estudiosa lembra muito o do personagem inventor da Disney, Professor Pardal, e foi nele mesmo que Simone disse ter se inspirado quando começou a se interessar por programação e robótica.