Saúde e Bem-Estar

Será que você respira corretamente?

É interessante saber que, embora pareça simples, muita gente respira de maneira errada e acaba prejudicando a saúde. Saber mais para viver melhor é muito importante!

respiração-correta

Os números são muito interessantes: Em um minuto, fazemos 12 respirações completas. Por dia, quase sete mil litros de ar circulam em nossos corpos. Mas alguns hábitos errados, com o tempo, prejudicam o processo respiratório. Por exemplo, muita gente respira pela boca e o ar passa pela rinofaringe, desce pela laringe, entra na traqueia e vai até os alveólos pulmonais.

– Esse é um movimento autônomo que não precisa ser conscientizado, mas, com o passar dos anos, “desaprendemos” quando adotamos hábitos que mudam esse processo – aponta o pneumologista Luiz Octavio Madureira.

Ansiedade, obesidade e distúrbio das vias aéreas estão no topo da lista dos problemas que distorcem a respiração correta. Todos processos conscientes que levam um erro ao outro e atingem em cheio o processo de respirar.

Ansiedade:

Ela faz com que o número de respirações seja maior do que a média. E nem sempre esses movimentos são completos. O ansioso tenta controlar e faz isso de forma errada, pois inverte a respiração e o movimento do diafragma que, ao invés de contrair, distende.

Obesidade:

A obesidade aumenta a gordura acumulada no pescoço e no músculo que envolve o pulmão e isso obriga um esforço muscular para respirar muito maior do que o necessário. Nossos pulmões entram num processo de envelhecimento quando chegamos aos 40. Por isso, manter uma alimentação saudável e tratar problemas das vias aéreas de forma adequada mantém a vitalidade dos pulmões por mais tempo.

Distúrbios das vias aéreas:

Mais de 70% da população brasileira que vive em zonas urbanas sofre com problemas como rinite e sinusite. O problema está no tratamento. Descongestionantes aliviam momentaneamente, mas podem causar necrose, inchaço nas estruturas nasais, provocam o hábito de engolir ar pela boca. Rinite e sinusite não têm cura, mas podem ser controladas.

Saiba mais:

 

  • O movimento correto de respiração deve envolver o diafragma. Para saber se você está fazendo isso certo inspire pelo nariz, sinto ao ar chegar aos pulmões e perceba o abdômen se movimentar.

 

  • Respirar corretamente reduz a ansiedade e os riscos de aumento da pressão arterial, depressão e diabetes.

 

  • Para eliminar toxinas do corpo não basta comer adequadamente, é preciso também saber respirar. Fazendo o processo corretamente, pelo nariz e usando o diafragma, é possível evitar gastrites, enxaquecas e má digestão.

 

  • Bebês respiram da forma certa. Eles movimentam a barriga quando respiram, mas quando choram é o tórax que mexe de forma mais dramática. Ou sejam, quando estão ansiosos fazem a respiração errada.

__________________________________________________

Com informações de Zero Hora.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *