Quando julgamos rápido demais.
Comportamento / Quadrinhos

Gritaria, julgamentos e vergonha alheia em quadrinhos que nos fazem pensar

O julgamento precipitado, a falta de controle e até expressões externas como a gritaria são marcantes nos relacionamentos atuais. As pessoas querem tudo para ontem e exigem que suas necessidades sejam atendidas, mesmo que nem saibam que necessidades são essas. Em uma sociedade doente, às vezes é necessário respirar fundo, se acalmar e tentar encontrar a verdadeira raiz do problema.

O julgamento precipitado

Julgar de maneira precipitada, sem analisar a situação e sem nenhum tipo de argumento adequado, tornou-se o passatempo predileto de muitas pessoas na internet. A falta de calma e educação muitas vezes tomam conta dos debates online, o que torna este ambiente hostil e desagradável. O quadrinho a seguir mostra o que pode acontecer com cada um de nós quando julgamos rápido demais:

Quando julgamos rápido demais.
Quando julgamos rápido demais. Fonte: Satirinhas.

A gritaria no relacionamento

A gritaria é outro sinal de que algo não vai bem em um relacionamento e que as pessoas envolvidas não estão se esforçando o suficiente para entender suas necessidades. Gritar é o recurso de quem já não tem argumento e perdeu a paciência, quer impor seu ponto de vista. Vejamos uma frase do saudoso Pe. Léo sobre a gritaria num relacionamento:

O significado da gritaria no relacionamento.
O significado da gritaria no relacionamento. Fonte: Casal Cristão.

Os quadrinhos de hoje nos fazem um convite a uma vida com mais paz e tranquilidade. Que tal tentarmos nos colocar mais no lugar do outro e analisar cada situação profundamente antes de agir com intemperança?

Curtiu o conteúdo? Faça parte do nosso clube de leitores:

[mc4wp_form id=”6020″]


Comentários

Rita
6 de novembro de 2020 at 15:07

cada dia dá mais vergonha ser cristã, que feio…



    7 de novembro de 2020 at 13:05

    Qual a vergonha, Rita? Jesus Cristo ensinou todo o caminho para a felicidade da humanidade. Se você está encontrando algum conflito ou sinta vergonha, talvez você nunca tenha sido cristã e não tenha entendido o que ele tentou ensinar. Que todos nós possamos abrir o coração e abandonar o pecado. Deus abençoe.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *