Comportamento / Curiosidades

Por que é sempre fácil falar da vida dos outros?

É interessante saber que é muito mais fácil falar da vida dos outros e julgar suas atitudes do que olhar para nós mesmos e ver nossos erros. Por que é tudo sempre mais fácil para quem está de fora do problema?

Separamos alguns pensamentos sobre esse assunto.

falar-da-vida-dos-outros

Pessoas que falam demais dos outros precisam de atenção:

“Quem faz intrigas sobre a vida alheia quer ter algo de sua autoria, uma obra que se alastre e cresça, que se torne pública e que seja muito comentada. Algo que lhe dê continuidade. É por isso que fofocar é uma tentação. Porque nos dá, por poucos minutos, a sensação de ser portador de uma informação valiosa que está sendo gentilmente dividida com os outros. Na verdade, está-se exercitando uma pequena maldade, não prevista no Código Penal. Fofocas podem provocar lesões emocionais. Por mais inocente ou absurda, sempre deixa um rastro de desconfiança. Onde há fumaça há fogo, acreditam todos, o que transforma toda fofoca numa verdade em potencial. Não há fofoca que compense. Se for mesmo verdade, é uma bala perdida. Se for mentira, é um tiro pelas costas.” (Martha Medeiros)

Falar dos outros sempre será mais fácil:

“A vida alheia nos parece sempre mais fácil porque não é vivida por nós.” (Marguerite Yourcenar)

Tenha pena de quem faz fofoca:

“Falar da vida alheia nada mais é que uma tentativa de esquecer um pouco que a própria vida é uma porcaria.” (Jefferson Peixoto)

O mundo seria melhor se cada um cuidasse mais da própria vida:

“Se cada um cuidasse da sua própria vida como cuida da dos outros, o mundo teria bem menos gente frustrada, fracassada e mal-amada. Pois estas só são assim porque a vida alheia lhe é mais interessante que a sua”. (Geovani Rodrigues)

A pequena distância entre a sanidade e a estupidez:

“Criticar à sí mesmo é uma prova de sanidade, mas julgar a vida alheia é o princípio da estupidez.” (Maycon Ramos de Melo)

Não perca tanto tempo com a vida dos outros: 

“Pare de esgotar suas energias cuidando da vida alheia, odiando as pessoas que possuem as qualidades que você adoraria ter e não as possuí. Se concentre em melhorar sua própria vida, a fazer o bem, a amar sem distinção e pare agora com essa análise insana baseada em pressuposições.” (William Coran)

Cuide da sua vida no melhor sentido:

“Eu não quero ter medo de viver, me contendo só por medo do que as pessoas vão falar. Eu quero ter liberdade de expressão, pra fazer não só aquilo que quero, mas ter também o direito de não fazer o que não quero. Não quero ter medo de dar não por receio de não ter boas explicações, a vida deveria ser simples, não quero, digo não e isso deveria ser suficiente.
As pessoas ficam muito preocupadas com a vida alheia, como se o que os outros fizessem interferisse na vida delas, a gente recebeu uma vida pra não ter que cuidar da dos outros, simples.
Eu desejo a paz mundial para que todo mundo seja tão feliz que nem percebam minhas escolhas e não venham me encher o saco por causa delas. Desejo que todos se auto explorem, se conheçam, porque conhecer a si mesmo é o primeiro passo pra entender os outros, entender o mundo e o que se passa lá fora.
Vão lá, explorem o mundo sem medo, e deixe aquilo que não interfere na sua vivência, pra lá, deixa fluir, deixa o vento levar…” (Bruna Dutra Moreira)

___________________________________________________

Pensar e falar demais sobre a vida dos outros pode te tomar um tempo precioso. Dessa forma você não cuida da própria vida e pode estar abrindo mão do seu sucesso e da própria felicidade. Que tal compartilhar essas ideias com quem você gosta?

Autor

Católico Apostólico Romano, Publicitário, funcionário público, ilustrador e blogueiro. Apreciador de quadrinhos, artes e tudo o que pode transformar vidas para melhor. Acredita que fé em Deus, conhecimento, troca de informações e experiências podem ajudar a construir um novo mundo.

Comments

19 de fevereiro de 2019 at 13:53

Nossa quanto babado adoro uma fofoca. Eu fico horas e horas lendo essas noticias de famosos .

Obrigada pela essa noticias.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *