Saúde e Bem-Estar

Qual a cor ideal da urina e por quê?

É interessante saber que a urina é a prova de que nossos rins estão funcionando corretamente e é resultado do trabalho de purificação do sangue. Ela possui várias características como, por exemplo, sabor salgado e cor amarela. A primeira delas se explica pelo fato de a urina reter o sal da corrente sanguínea, e a segunda tem sua origem na incrível função do organismo de se livrar de substâncias nocivas à nossa saúde.

a-cor-ideal-da-urina

A cor normal amarela de seu “xixi” tem origem em seus componentes. A amônia (proveniente das células) e a bilirrubina (originada no romper da hemoglobina) são substâncias indesejáveis em nosso corpo, daí mais uma tarefa para nossos filtros, os rins, que se encarregam de converter a amônia em ureia e a bilirrubina em urobilinogênios. Esses últimos dão a cor amarela à nossa urina.

Urina de outras cores? Pode ser problema!

Amarelo escuro:

Beber água pode diluir os urobilinogênios, tornando a urina mais clarinha, mas se ela está apresentando uma cor forte (amarelo escuro), é bem provável que você esteja ingerindo pouco líquido. Trate de tomar mais água e se o problema não for resolvido, procure um médico.

Vermelho, marrom ou tons mais escuros:

Se está avermelhada, alaranjada, ou em cores como “de suco de laranja”, de “chá mate” ou cor de “refrigerante de cola”, a urina pode indicar perda de sangue. Este sangue pode estar vindo dos rins (glomérulos) ou das vias urinárias. Por exemplo, pedras que andam pelos canais que levam o xixi podem machucá-los e o sangue sair, geralmente acompanhado de dor na região lombar de forte intensidade.

Pode ser ainda mais preocupante do que isso, como é o caso de tumores, nefrites, tuberculose, enfim, apenas o médico poderá, por meio de um exame simples, saber exatamente o que ocorre.

Quando o fígado está doente o paciente pode produzir excesso de bilirrubinas, que podem ser eliminadas pelos rins e colorir a urina de cor acastanhada ou mesmo marrom.

Outras cores:

Alguns corantes naturais como o da beterraba, amora e mirtilo podem colorir a urina, sem qualquer significado de doença. O mesmo em relação aos corantes artificiais que podem tornar a urina de cores inimagináveis e estão contidos principalmente em remédios.
Além disso, algumas bactérias não tão habituais na urina, geralmente de infecções adquiridas em ambiente hospitalar ou na presença de entupimentos da via urinária, são capazes de produzir um pigmento azul ou verde. São as pseudomonas, conhecidas como bacilos piociânicos (ciano=azul).

Fique atento:

O certo é urinar cerca de 2 a 2,5 litros de xixi ao dia, de cor amarelo clara, sem cheiro forte e sem dor. Se houver qualquer alteração sem causa aparente, procure ajuda médica.

Fontes: Brasil Escola e Minha Vida.

___________________________________

Se acha que esse post pode ajudar alguém, compartilhe.

Autor

Católico Apostólico Romano, Publicitário, funcionário público, ilustrador e blogueiro. Apreciador de quadrinhos, artes e tudo o que pode transformar vidas para melhor. Acredita que fé em Deus, conhecimento, troca de informações e experiências podem ajudar a construir um novo mundo.

Comments

Emagrecer e Perder Peso
14 de agosto de 2018 at 00:26

Tem coisas na vida em que não damos muita importância, e vendo esse artigo sobre a importância de ficarmos atento com a nossa saúde nos mostra o quanto esse blog é importante, muito obrigada por esse artigo!

http://www.emagrecerparasempre.tk/



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *