Os Jetsons
Curiosidades

Os Jetsons e a pandemia de coronavírus: o que eles têm a ver?

Esse desenho animado trouxe previsões futurísticas que já fazem parte da nossa realidade.

Você se lembra d’Os Jetsons? Talvez as gerações mais novas não conheçam esse desenho clássico lançado nos anos 60 que fez a alegria das crianças por quase 30 anos. No entanto, podemos dizer que ele sempre esteve à frente do seu tempo!

A família moradora de Orbit City no ano de 2062 já era adepta de muitas das tecnologias dos dias atuais, inclusive aquelas que são indispensáveis ou se popularizaram com a pandemia do novo coronavírus. 

Veja algumas das “tendências” lançadas pelos produtores do desenho, que, se consideradas malucas na época, agora fazem todo o sentido:  

Videoconferência

videoconferência
Videoconferência.

Se nos anos 60 poder falar ao telefone já era um luxo, imagine poder ver quem estava do outro lado da linha? 

Em 2020, as chamadas de vídeo estão com tudo. Elas são essenciais para matar a saudades de quem precisa ficar em casa, para conversar com pessoas do outro lado do mundo e para resolver assuntos de trabalho. 

Drones

Na abertura do desenho, as crianças iam para a escola em uma espécie de cápsula voadora que muito se assemelhava ao que hoje conhecemos como drones. 

Durante a pandemia, drones estão sendo usados em todo o mundo para monitorar os índices de isolamento social, realizar entregas em casa e até mesmo desinfetar cidades. Quem sabe eles também passem a transportar pessoas por aí?

Assistente por voz

Uma das melhores formas de evitar a disseminação do novo vírus é evitar tocar no rosto e em objetos possivelmente contaminados. Por isso, assistentes pessoais movidos por voz são aliados na hora de acender as luzes, escolher uma música ou fazer uma compra. 

No desenho, a ideia era similar: o personagem Elroy contava com uma espécie de computador que obedecia a comandos de voz e  o ajudava a realizar as lições de casa.

Robôs de limpeza

Robôs de limpeza
Robôs de limpeza.

Na casa da família Jetsons, Rosie cumpria a função de robô empregada doméstica. Além de limpar, ela também cozinhava e ajudava os personagens a se vestirem.

Os robôs que usamos hoje não são tão desenvolvidos assim, mas já dá pra dizer que eles são ideais para manter a casa limpa, uma das medidas mais importantes para se prevenir da Covid-19. 

Relógios inteligentes

Os smartwatches com certeza foram inspirados no desenho animado. Enquanto o gadget usado pela família servia para ligações e chamadas de vídeo, os que temos atualmente vão além.

As opções fabricadas pelas empresas de tecnologia ajudam a controlar a nossa saúde e acessam uma série de apps para que possamos ficar com as mãos livres.

O que mais poderia ajudar no combate ao coronavírus? 

Os Jetsons ainda têm várias outras previsões que estão em desenvolvimento por empresas especializadas ou que ainda não existem, mas que seriam úteis nos dias de hoje. 

É o caso da comida impressa em 3D, que evitaria deslocamentos desnecessários da população e dos calçados inteligentes, que fariam apenas trajetos já programados. 

Outro item interessante surgido no desenho é a Peek-A-Boo Prober Capsule. É uma espécie de microcâmera que George engoliu para analisar a saúde o seu corpo por dentro – literalmente – a partir da transmissão de imagens para a tela de um computador. 

Já deu para entender que o desenho animado retrata parcialmente a nossa sociedade. O presente nos mostra que ainda temos muito para aprender com Os Jetsons, inclusive para encerrar a transmissão do vírus e para melhorar as nossas vidas. 

Fonte: Pinezi.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *