Comportamento / Saúde e Bem-Estar

Entenda o que é Alexitimia, a dificuldade em expressar emoções e sentimentos

A dificuldades em expressar emoções e sentimentos pode ser um drama para muita gente, já que prejudica relacionamentos, carreira e muito mais. O que muitos não sabem, é que essa dificuldade tem um nome: Alexitimia.

Na década de 60 os psiquiatras perceberam que muitos pacientes psicossomáticos mostravam grande dificuldade para falar sobre suas emoções e sentimentos. Estes estudiosos passaram a utilizar a expressão grega alexithymia para referirem-se a este problema. A nomenclatura Alexitimia tem a seguinte origem: O prefixo “a”  possui o sentido de negação, de falta ou ausência; “lex”, significa “palavra”; e “thymos” significa emoção ou sentimento.

Alexitimia

Características da Alexitimia

As principais características da Alexitimia são:

  • Dificuldade em identificar e descrever sentimentos.
  • Processos imaginativos, espontâneos e de improvisação limitados.
  • Dificuldade em falar sobre as sensações sentidas no corpo.
  • Modelo cognitivo excessivamente concreto e operacional.
  • Baixa autoestima.

Ainda não há consenso sobre as causas da alexitimia. Existem teorias que a associam a algum trauma cerebral, a defeitos na formação neurológica ou à influências socioculturais. Todavia, as intervenções clínicas têm demonstrado que as influências socioculturais constituem-se a principal causa. Por meio delas, originam-se certos traumas, como os do período infanto-juvenil ou de outras fases da vida.

Mesmo que alguma causa orgânica possa contribuir para o surgimento da alexitimia, a perspectiva, da maioria dos autores dessa área, é a de que esse transtorno se desenvolve das interações da pessoa com o ambiente, principalmente durante o período de formação cognitiva e de desenvolvimento de habilidades sociais.

Segundo essa visão, a pessoa não possui um problema anatômico ou de arquitetura cerebral, mas sim uma habilidade comportamental não aprendida ou que foi bloqueada por algum acontecimento traumático ou por uma sucessão de acontecimentos.

Fonte: Psicólogo Elídio Almeida.

Gostou do conteúdo? Faça parte do nosso clube de leitores:

[mc4wp_form id=”6020″]






Comentários

Rita
6 de novembro de 2020 at 15:07

cada dia dá mais vergonha ser cristã, que feio…



    7 de novembro de 2020 at 13:05

    Qual a vergonha, Rita? Jesus Cristo ensinou todo o caminho para a felicidade da humanidade. Se você está encontrando algum conflito ou sinta vergonha, talvez você nunca tenha sido cristã e não tenha entendido o que ele tentou ensinar. Que todos nós possamos abrir o coração e abandonar o pecado. Deus abençoe.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *