duração dos casamentos no Brasil
Comportamento

Tempo de duração dos casamentos está diminuindo no Brasil

Números do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que a duração dos casamentos está diminuindo no Brasil. Os números foram atualizados no fim de 2018, com os dados de 2017. Vamos saber mais? 

Veja também: 5 sinais de que a mulher deixou de amar o seu parceiro.

a duração dos casamentos no Brasil

A pesquisa mostra que entre 2016 e 2017 o número de uniões registradas diminuiu 2,3% e o número de divórcios aumentou 8,3%. A gerente da pesquisa, Klívia Oliveira, mostrou que este é o segundo ano consecutivo com aumento do número de divórcios e diminuição de casamentos. “A proporção é de três casamentos para cada divórcio”, comenta. E a exceção fica por conta dos casamentos homoafetivos que, apesar de representarem pouco mais de 0,5% das uniões registradas, são a porção que segue crescendo, com aumento de 10% em 2017.

Casamentos

As novas dinâmicas das famílias brasileiras também podem ser captadas a partir da pesquisa do IBGE. Klívia destaca o aumento significativo do percentual de divórcios judiciais com sentença de guarda compartilhada dos filhos: essa modalidade de guarda passou de 7,5% em 2014, para 20,9% em 2017. “A partir de 2014, a lei coloca que a guarda seja prioritariamente compartilhada, a não ser que exista algum problema que de fato impeça”, comenta a pesquisadora. Ainda assim, a mulher continua sendo a responsável pela guarda na maioria dos registros de divórcio. “Esse cenário está se modificando”, diz Klívia. “Percebemos que os filhos não são mais um impedimento para os casais se separarem”. 

casamentos

Com informações de IBGE.

Nossa sociedade está mudando, e em alguns aspectos, para pior. O que você acha da degradação das famílias e enfraquecimento das uniões estáveis? Deixe sua opinião nos comentários no fim desta página.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *