pessoas que falam demais
Comportamento

Aprenda a lidar com pessoas que falam demais quando você precisa se concentrar com 6 dicas

O mundo está cheio de gente que fala demais e acaba tirando a concentração de quem precisa realizar alguma tarefa importante, principalmente no ambiente de trabalho. Nessas horas, além de tomar cuidado para não ter a produtividade prejudicada, é preciso ter paciência para lidar com essas pessoas, de modo a evitar ter o humor e a energia alterados pela convivência com elas.

Ao estar com alguém que fala demais, interromper a conversa é desagradável e pouco educado. Dessa forma, você pode utilizar outras abordagens para lidar com um tagarela no trabalho. Confira 6 dicas a seguir:

Entenda as causas da falação

O tagarela tem uma grande necessidade de ser ouvido, de receber atenção e preencher seus conflitos emocionais com a energia dos outros. Compreender isso pode te deixar mais tolerante e menos irritado, já que a pessoa geralmente não tem culpa e nem consciência de seu problema.

Em geral, crianças que cresceram sem poder falar nada e sem espaço para opinar tendem a se tornar adultos reprimidos e que precisam da atenção dos outros para se sentirem amados.

Não fique com peso na consciência

Os faladores conversam tanto e com tantas pessoas que, muitas vezes, nem percebem quando são cortados. Eles sempre encontram outra pessoa para falar mais, pois estão apenas em busca de atenção. Uma boa dica é encontrar uma forma educada de dizer que precisa fazer outra coisa e peça licença sem se sentir culpado.

Encontre seu espaço

Uma pessoa tagarela dificilmente dá espaço para você se expressar. Portanto, peça licença para falar e, se a pessoa te interromper, diga que ainda não concluiu e termine o assunto. Aos poucos, a pessoa perceberá que precisa ceder. Sem o seu espaço, você pode sentir-se sufocado pela pessoa que fala demais, e isso é totalmente prejudicial.

Seja breve

Se a pessoa é daquelas que te tomam muito tempo falando sobre assuntos que não te interessam, responda apenas coisas básicas como “sinto muito”, “espero que passe”, “que legal” ou “tudo dará certo”. Não se prolongue com perguntas.

Mude o foco

Todas as pessoas têm pontos positivos e negativos, e o que muda sua relação com elas é justamente onde você coloca a sua atenção. Tente encontrar qualidades no tagarela e dê a chance de ele mostrar quem realmente é, apesar de falar muito.

Afaste-se e ajude

Se a situação for insustentável, e for possível, simplesmente afaste-se do tagarela. Se ele perguntar o motivo de seu distanciamento, entenda que ele estará aberto a ouvir e aproveite para expor sua percepção de maneira educada. Ajude com tudo de melhor que puder oferecer, e seja compreensivo. Gradativamente, o falador pode ir criando novos hábitos para conviver melhor com todos.






Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *