Dicas de Escrita

As palavras mais estranhas e seu significado

É interessante saber que o vocabulário da Língua Portuguesa possui pelo menos 400 mil palavras, sem falar nas suas flexões. É muita coisa e é quase impossível saber o significado de todas elas. Mas hoje vamos te mostrar uma lista com várias palavras estranhas e o seu significado. É sempre bom saber mais!

palavras-estranhas

ESTORCEGAR: torcer com força.

ISAGOGE: introdução, preliminares.

ZAFIMEIRO: esperto, velhaco, astucioso.

MANTICOSTUMES: aquilo que mantém ou conserva os costumes.

ACOBILHAR: acolher, agasalhar, abrigar em casa.

RETOUÇA: corda com assento para balanço.

ESTAU: casa de hospedagem.

LICRANÇO: o mesmo que cobra-de-duas-cabeças.

ACONTISTA: é aquele que atira flechas, flecheiro.

LICNOMANCIA: nome que se dá ao método de adivinhação por meio de lâmpadas.

ALCANTIL: mesmo que cume, pináculo.

CAINHAR: latido doloroso de um cachorro.

DROMOMANIA: mania de andar, de vaguear, ter vida errante.

LIGAL: couro cru, de boi, que recobre cargas e as protege contra as chuvas.

MACRÓSTICO: o que está escrito em linhas muito compridas.

MANGRAR: mesmo que inutilizar-se, perder-se.

SABLE: nome da cor preta, nos brasões.

TATICOGRAFIA: representação gráfica das evoluções de guerra e outras manobras militares.

TRISÁGIO: nome que se dá, em religião, à repetição, por três vezes, de palavras como “Santo, Santo, Santo”.

VOVENTE: aquele que faz votos ou promessas.

CONTRAMINA: uma maneira de eliminar uma intriga.

MESTO: o que causa tristeza.

INCHA: o mesmo que aversão, ódio, rancor.

QUIXÓ: armadilha para apanhar preás.

TEBAS: indivíduo graúdo, importante.

VENTRILAVADO: cavalo de barriga branca.

ARAVIA: linguagem que não se entende.

DIPSOMANIA: o impulso que leva alguém a ingerir grande quantidade de bebidas alcoólicas.

GRAZINA: a pessoa que fala muito ou resmunga muito ou grita muito.

ESTIGMOLOGIA: o estudo dos sinais que vêm com as letras (como a cedilha e o til).

ATOSSICAR: dar maus conselhos, instigar alguém para o mal.

ESTINHAR: tirar o mel das abelhas.

USTULAR: queimar de leve.

USITAR: empregar com freqüência.

PERTUITO: passagem estreita, buraco, orifício.

PESCANÇO: espreitar o jogo do parceiro.

OSCITAÇÃO: o mesmo que bocejo.

NÁFEGO: o que tem um quadril menor do que o outro.

ESPUTAÇÃO: o mesmo que cuspir.

USTÓRIO: é o que serve para queimar.

ABLÉFARO: aquele que não tem pálpebras.

FETICÍDIO: o mesmo que aborto provocado.

CUTIRREAÇÃO: a reação da pele a uma determinada substância.

TUBIGEIRA: o mesmo que tornozeleira.

ZURETA: o mesmo que adoidado, amalucado.

GINGE: o arrepio provocado pela emoção.

ABNÓXIO: o mesmo que inofensivo, inócuo.

CANCRÍVORO: o que se alimenta de caranguejos.

ZUMBRIR-SE: curvar-se, dobrar-se.

TUAIÁ: lugar longínquo, rio acima.

ITERAR: tornar a fazer ou dizer.

OVENÇAL: o que provém uma casa de mantimentos.

ESPUTAR: cuspir muito.

BAQUISTA: que gosta de bebedeiras e orgias.

ERROR: viagem sem rumo ou de rumo e duração indeterminados.

FOLIPO: bolso em roupa malfeita.

NEFRÍTICO: o que sofre de inflamação de rim.

RENUÍDO: gesto de negação com a cabeça.

SIRGAR: puxar uma embarcação por meio de corda.

ACROTISMO: a ausência ou o fraco batimento do pulso.

PÉRVIO: o que dá passagem, transitável.

OSFRESIA: a faculdade de sentir facilmente os cheiros.

PERVENCER: é vencer inteiramente, destruir.

PARÁLIO: o mesmo que próximo do mar.

ISCNOFONIA: fraqueza de voz.

POLOGRAFIA: a descrição do céu.

RITMOPÉIA: a parte da arte musical, poética ou oratória que estuda as leis do ritmo.

SÉCTIL: o que se pode cortar.

ONEOMANIA: o desejo incontrolável de comprar coisas.

SAMPAR: arremessar, atirar.

ZINA: o mesmo que auge, apogeu, o maior grau de intensidade.

LOCO: carne guisada com milho.

CARRUAJAR: andar de carruagem.

ANCILA: coisa que serve de subsídio ou auxílio a outra.

TRUZ: o mesmo que pancada, batida, ato de bater.

ZESTO: a camada mais externa do limão e outras frutas cítricas.

REMOCAR: o mesmo que censurar.

PERÍBOLO: a área livre entre um edifício e o muro que o circunda.

GARRANO: o cavalo pequeno e forte.

BAMBARÉ: confusão de vozes, algazarra, desordem ruidosa.

CORNEÍBA: o mesmo que aroeira (árvore).

HELIOPATIA: doença produzida pela luz do sol.

MUNÍCIO: pão ordinário.

TANADO: o que tem a cor da castanha.

CUVICO: o mesmo que cubículo (pequeno compartimento).

BÍBULO: o que bebe, que absorve líquidos.

ALVANÉU: o mesmo que pedreiro.

ERGASIOTIQUEROLOGIA: o ramo da Medicina e do Direito que cuidam dos acidentes do trabalho, das doenças profissionais e suas consequências.

INFUNDIBULIFORME: o que tem a forma de funil.

OMALGIA: é dor no ombro.

_______________________________________

Algumas dessas palavras são tão estranhas que nem são conhecidas por alguns corretores ortográficos de computador. Gostou do artigo? Mostre a seus amigos!

Com informações do Blocos Online.






Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nosso site, você concorda com tal monitoramento
Criado por WP RGPD Pro