Embaixo ou Em Baixo
Dicas de Escrita

Embaixo ou Em Baixo? Saiba diferenciar os dois

É interessante saber que muitas dúvidas podem surgir na hora de escrever um texto, já que a língua portuguesa possui suas armadilhas e dificuldades. A boa notícia é que, com um pouquinho de empenho, podemos entender mais e melhorar a nossa escrita. Hoje vamos saber mais sobre os termos “embaixo”, escrito junto, e “em baixo”, escrito separado.Veja também: Mecher ou mexer? Como é que se escreve corretamente? 

Embaixo ou Em Baixo? Saiba diferenciar os dois

Os dois termos existem, mas apresentam diferenças quanto ao seu significado. Dessa forma, ambos causam muita confusão quando temos que escrever um texto. Por isso, é muito importante aprender a usá-los corretamente conferindo abaixo seus significados, regras, usos e exemplos. Vamos lá?

Embaixo ou Em Baixo

Embaixo

A palavra “embaixo”, escrito junto, é um advérbio de lugar que significa que algo está numa posição inferior em relação a outra coisa.

Ela é sinônimo de abaixo, debaixo, sob, por baixo e antônimo de em cima, acima e sobre.

Além disso, é comum esse termo vir acompanhado de uma preposição, formado assim, uma locução adverbial, por exemplo: embaixo de.

Exemplos:

Eu deixei a bolsa embaixo da escada.
Os livros estão embaixo da escrivaninha.
Durante a brincadeira, as crianças se esconderam embaixo da mesa.
Vá até em casa e pegue as chaves que deixei embaixo do tapete.
Passei o dia todo embaixo dos cobertores.

Obs: uma maneira de saber se está utilizando o termo correto, é trocar na frase pelo seu antônimo. Exemplo: Os livros estão em cima da mesa.

Em Baixo

Quando escrito de forma separada o termo “em baixo” desempenha a função de adjetivo na sentença. Ou seja, nesse caso, ele qualifica um substantivo:

Exemplos:

Durante a aula falem com a voz em baixo tom.
A pintura do artista é em baixo relevo.
Nesse trecho é melhor dirigir em baixa velocidade.
Nessa opção a câmera fica em baixo contraste.
Na entrevista a conversa foi em baixo calão.

Com informações de Toda Matéria.

——————————————

Agora já não há mais motivos para dúvida, correto? Compartilhe esse conteúdo com os seus amigos.






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *