As Fake news existiam antes da internet e a mídia tradicional também espalha notícias falsas
Tecnologia / Valores

As fake news existiam antes da internet e a mídia tradicional também espalha notícias falsas

O termo fake news vem sendo usado com muita frequência em diversas ocorrências e a grande mídia (grandes portais, canais de TV e outras mídias tradicionais) sempre ataca a internet como o grande “ninho” das notícias falsas. Mas será que o canal de TV mais assistido do país ou o portal de notícias e variedades mais acessado não usam o seu poder de persuasão para moldar as notícias segundo os seus interesses?

Veja também:

Como profissional da comunicação, percebo a importância cada vez maior da qualidade das informações para o saudável desenvolvimento da sociedade ou sua ruína. Falar sobre no que as pessoas estão acreditando é fundamental e faremos isso no artigo de hoje, mas vamos por partes.

fake news jornais
Fonte da imagem: Pexels.

O que são fake news?

Antes de aprofundarmos o assunto, é importante saber que fake news são notícias com dados ou informações inventadas para alterar a interpretação e opinião das pessoas sobre determinados assuntos. O termo vem do inglês fake (falso/falsa) e news (notícia/notícias), ou seja, notícias falsas.

O ser humano precisa comunicar-se

Sabia que um homem vislumbrou o que seria a internet quase trinta anos antes de ser inventada? Trata-se de Herbert Marshall McLuhan, um destacado educador, intelectual, filósofo e teórico da comunicação canadense, conhecido por sua máxima de que “o meio é a mensagem” e por ter cunhado o termo “aldeia global”.

Uma análise do teórico canadense trata os meios de comunicação como extensões do homem. Dessa forma, é preciso ter em mente que a fofoca ao pé do ouvido vem sendo amplificada ao longo dos tempos, viralizou, caiu na rede, globalizou-se.

Atualmente, uma informação falsa ou equivocada pode espalhar-se pelo mundo inteiro antes de ser desmentida. E pior, mesmo que seja desmentida, não será na proporção em que se propagou inicialmente. Alguns profissionais inescrupulosos aproveitam-se propositalmente dessa “falha no sistema”. Sobre este tema, recomendo o excelente livro Acredite, Estou Mentindo, de Ryan Holiday onde você vai ver que o jogo das fake news atualmente é mais sujo do que você imagina.

Fake news na internet
Fonte da imagem: Pexels.

Não é só nas redes sociais que tem fake news

É preciso ter senso crítico para perceber que as falsas notícias têm sido atribuídas de forma generalizada às mídias sociais e à internet, mas na verdade, elas ocorrem também nos veículos tradicionais: jornais, rádios e TVs. Aliás, o impacto e os danos causados por uma fake news na grande imprensa é bem maior do que aqueles provocados pela divulgação de boatos nos meios eletrônicos, pois os meios tradicionais ainda possuem um verniz de credibilidade.

A mistura entre verdade e mentira aconteceu muitas vezes desde a Antiguidade, e essas realidades falsas influenciaram nosso presente. Já escreveu o grande historiador francês Paul Veyne em seu ensaio Os Gregos Acreditavam em Seus Mitos? (Unesp): “Os homens não encontram a verdade, a constroem, como constroem sua história”.

Para uma análise detalhada do efeito de algumas fake news ao longo da história, recomendo que você confira o artigo A longa história das notícias falsas, do jornal El País, que vai te ajudar a perceber como são os interesses e não os meios que impulsionam a criação e a disseminação de uma notícia falsa.

Um panorama atual

As narrativas midiáticas ou testemunhais reproduzem os fatos a partir do seu ponto de vista, ou da vista de um ponto, ou seja, sempre como versão de um fato. E essa versão é, invariavelmente, contaminada pela cultura, pela ideologia, modos de ver e de dizer (e principalmente dos interesses) do emissor da vez.

Cabe a nós, consumidores das verdades atuais, que transformam-se a cada semana, ter senso crítico para não engolir qualquer ideologia barata que serve apenas para causar desordens e nutrir os interesses de regimes e organizações perversas.

Você continua achando que as TVs, jornais tracionais e grandes portais não possuem interesses e nunca mentem?






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nosso site, você concorda com tal monitoramento
Criado por WP RGPD Pro