Não se contente com migalhas, você merece muito mais!
Comportamento

Não se contente com migalhas, você merece muito mais!

A carência emocional faz com que muitas pessoas implorem por migalhas de atenção em relações tóxicas. É preciso valorizar-se e entender que você merece alguém que te respeita. É sobre isso que fala o artigo de hoje que pode te ajudar a aceitar somente o que você merece.

Veja também:

Não se contente com migalhas

Não se contente com migalhas

É impossível falar sobre bom relacionamento sem falar de amor próprio. O seu relacionamento com os outros é apenas um espelho de como você se relaciona consigo mesmo. Quando se amar da forma que merece, ninguém que se aproximar de ti terá a audácia de te amar menos que isso. E isso nos leva ao próximo passo:

Valorize sua própria companhia antes de oferecê-la a alguém

Valorize sua própria companhia antes de oferecê-la a alguém
Valorize sua própria companhia antes de oferecê-la a alguém.

Por coerência, bom senso e equilíbrio as pessoas deveriam parar de usar as relações como disfarce de solidão. Deveriam, também, entender que apreciar a própria companhia é sinônimo de maturidade e que, quando somos capazes de valorizar os momentos a sós, a ida ao cinema, sem pretensão, e as viagens com apenas uma bagagem, somos capazes de oferecer o melhor que somos a alguém de forma livre.

Precisamos (e queremos) nos relacionar diariamente. Fato! Mas isso não nos dá o direito de negligenciar a própria companhia. É preciso ter claro que as relações só darão certo quando entendermos que nada, nem ninguém, valem a nossa paz.

Quando é amor, não há necessidade de insistir, de explicar, de pedir… quando é amor, acontece livremente e de forma recíproca.

Autor

Católico Apostólico Romano, Publicitário, funcionário público, ilustrador e blogueiro. Apreciador de quadrinhos, artes e tudo o que pode transformar vidas para melhor. Acredita que fé em Deus, conhecimento, troca de informações e experiências podem ajudar a construir um novo mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *