Saúde e Bem-Estar

Beber água demais faz mal e pode até matar

É interessante saber que a água é indispensável para a nossa sobrevivência. O líquido constitui 66% do corpo humano e está presente no sangue e nas células, além de preencher os espaços entre eles. O corpo perde água a todo o momento por meio do suor, da urina, fezes e expiração, entre outras “rotas de fuga”. Reabastecer os estoques é essencial, mas a reidratação também pode ser excessiva. Uma overdose de água pode ser fatal.

beber-água-demais-pode-matar

Entenda porque água demais pode matar

Como essa substância essencial à vida pode acabar com ela? Segundo a PhD em química Anne Marie Helmenstine, consultora do site About.com, o problema é que ingerir muito desse líquido pode causar uma intoxicação conhecida como hiponatremia.

Anne explica que essa condição é mais comum em crianças com menos de seis meses de idade e, às vezes, também acontece com atletas, que perdem muita água e eletrólitos nas competições.

As nossas células buscam certo equilíbrio de concentração de sódio e, quando há excesso de água fora da célula, esta atrai sódio do interior numa tentativa de restabelecer a concentração necessária. Quanto mais água é acumulada, mais a concentração de sódio fora da célula diminui. Outra maneira de as células manterem esse balanço é absorver a água de fora. Essa tentativa de restabelecer o balanço faz com que as células inchem a ponto de romperem.

O perigo da hiponatremia

A hiponatremia pode causar batimentos cardíacos irregulares, a entrada de líquidos nos pulmões e tremulações nas pálpebras. A intoxicação por água ainda causa inchação no cérebro e nervos e pode fazer que a pessoa afetada tenha um comportamento que lembra o de alguém com intoxicação alcoólica.

A inchação do cérebro ainda pode causar tontura, coma e a morte, caso a ingestão de água não seja restringida e uma solução hipertônica salina (com sódio) seja administrada. Se a pessoa for atendida antes de o problema causar muito dano celular, a recuperação leva poucos dias.

Anne diz ainda que podemos sim tomar muita água – um adulto pode processar 15 litros do líquido em um único dia. A intoxicação ocorre quando se toma muita água em um curto espaço de tempo. Em resumo: a não ser que você seja um maratonista ou um bebê, a chance de sofrer de hiponatremia é muito pequena.

Fontes: About e Terra Notícias

________________________________________________

Lembre-se: beber água é muito importante e todos nós devemos beber, no mínimo, 2 litros por dia. Os problemas desse artigo só acontecem quando existe uma ingestão de grande quantidade de água em pouco tempo.






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nosso site, você concorda com tal monitoramento
Criado por WP RGPD Pro