o tempo passa
Ciência / Comportamento

O tempo parece passar cada vez mais rápido e isso tem uma explicação científica

Você já teve a sensação de que o tempo parece passar cada vez mais rápido? Já sentiu que não consegue realizar tudo o que gostaria? Com tantos estímulos e opções que agitam a nossa mente, muitas vezes acabamos perdendo o foco, mas o artigo de hoje vai trazer uma explicação científica específica sobre a “falta de tempo”. Afinal, será que o tempo está passando mais rápido mesmo?

Veja também:

Vamos começar a entender

O que você enxerga quando entra em um quarto escuro onde há uma vela acesa? Você logo nota a chama, certo?

E se o local estiver completamente iluminado e cheio de objetos? Provavelmente, você levará mais tempo para se dar conta de que a vela está acesa.

O mesmo ocorre com peso. Uma pessoa pode distinguir perfeitamente a diferença entre um peso de 100 gramas e outro de 120 gramas, mas não é tão fácil diferenciar um de 200 gramas de outro de 220 gramas.

São os mesmos 20 gramas de diferença no dois casos, mas nossa percepção é alterada – e a ciência explica isso, por meio da Lei de Weber, que você vai entender a seguir.

Mas, e sobre o tempo, será que isso também acontece?

Os estímulos e o tempo.
Os estímulos e o tempo. Fonte: Pixabay.

Um algoritmo

Ernst Heinrich Weber (1795-1878) foi um renomado médico alemão que, no século 19, desenvolveu um importante trabalho nos campos da fisiologia e da psicologia. O médico foi o primeiro a se dar conta desse fenômeno e a colocá-lo em uma equação. A fórmula foi melhorada por um psicólogo da mesma época, o também alemão Gustav Theodor Fechner (1801-1887).

A lei diz que, quando são comparados dois estímulos pequenos, basta uma diferença mínima para reconhecê-los perfeitamente. Porém, se sua dimensão é maior, os dois elementos devem ser muito diferentes entre si para nos darmos conta.

Por isso, com os pesos, ainda que sejam 20 gramas de diferença em ambos os casos, é mais fácil distinguir a diferença de peso das peças menores. O mesmo se dá com a vela em um quarto escuro.

O tempo

A mesma lei também se aplica à passagem do tempo e explica porque ele parece se acelerar à medida que ficamos mais velhos.

“Ainda que um ano tenha a mesma duração, a relação entre a duração de um ano e o tempo total que você já viveu fica cada vez menor”, explica a matemática Hannah Fry em um vídeo do Numberphile, um interessante canal do YouTube especializado na ciência dos números.

Na prática, quanto mais anos você já viveu, menos vai tendo a percepção do tempo atual com relação ao todo. Por isso, quando somos crianças, parece que o tempo está demorando a passar em diversas ocasiões e, quando mais velhos, parece que o tempo voa.

Fry usa como exemplo as penas de prisão. “Você sente menos um período de três meses atrás das grades do que um de seis meses. Mas o mesmo não se aplica a uma pena de 20 anos e uma de 20 anos e três meses”, explica.






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nosso site, você concorda com tal monitoramento
Criado por WP RGPD Pro