suor com mal cheiro
Saúde e Bem-Estar

Entenda as causas do mau cheiro no corpo em um artigo que pode ser útil para muita gente

É interessante saber que alimentação e estresse podem ser alguns dos fatores que provocam os odores desagradáveis no corpo. A partir do momento em que odor gera desconforto e constrangimento é importante ficar atento às suas causas.

Veja também:

Entendendo o cheiro do suor

Para entender o cheiro do suor, precisamos saber que nosso corpo possui glândulas sudoríparas:

As glândulas sudoríparas dos mamíferos são glândulas que produzem o suor, função importante para regular a temperatura do corpo e eliminar substâncias tóxicas. São glândulas tubulares enroladas derivadas das camadas exteriores da pele mas se estendendo até a camada interna.

glândulas sudoríparas

Existem dois tipos de glândulas sudoríparas: as écrinas e as apócrinas. As primeiras estão espalhadas na pele de todo o corpo e sua função é atuar na regulação da temperatura corporal. Se a temperatura do corpo for elevada, aumenta a produção de suor.

O suor produzido pelas écrinas é constituído, basicamente, por água e alguns sais minerais e por isso não exalam nenhum cheio. Já as apócrinas estão presentes em algumas regiões específicas do corpo: axilas, área genital, couro cabeludo e ao redor dos mamilos.

“As apócrinas podem ser as responsáveis por eliminar odores desagradáveis, já que o suor é composto de água, restos celulares e do metabolismo, sendo eliminado por meio do folículo piloso”, explica a dermatologista Miriam Sabino.

suor fedido

Assim como as glândulas écrinas, as apócrinas produzem um suor inicialmente sem odor. Porém, devido à ação de bactérias presentes na pele, elas desenvolvem um odor forte e desagradável, que recebe o nome de bromidrose.

“Além dos fatores genéticos, que determinam as características das glândulas apócrinas, há também outras condições que podem contribuir para o mau cheiro corporal como obesidade, má higiene pessoal, excesso de suor, ingestão excessiva de álcool ou alguns alimentos como cebola, alho e pimenta”, afirma a especialista.

Principais fatores que contribuem para o mau cheiro nas axilas:

  • Tipo e a quantidade de bactérias presentes na pele.
  • Excesso de suor.
  • Má higiene pessoal.
  • Obesidade.
  • Diabetes mellitus.
  • Tabagismo.
  • Micose nas axilas.
  • Ingestão excessiva de alguns alimentos, tais como cebola, curry, alho ou pimenta.
  • Ingestão excessiva de bebidas alcoólicas.
  • Uso de antibióticos, como a penicilina.
mau cheiro

Como tratar o mau cheiro nas axilas?

Existem diversas modalidades terapêuticas disponíveis para o tratamento do odor corporal. O tratamento escolhido deve considerar a causa do mau odor e o grau de comprometimento na qualidade de vida do paciente.

Em geral, o tratamento objetiva dois alvos: controlar a quantidade de suor e reduzir o número de bactérias na pele.

Abaixo, listamos algumas opções simples para aliviar o mau cheiro das axilas:

  • Lavar as axilas pelo menos duas vezes por dia com sabão antibacteriano.
  • Usar desodorante antitranspirante para diminuir o suor nas axilas.
  • Não repetir roupas, pois o suor seco é causa frequente de mau odor.
  • Raspar os pelos da axila para retirar bactérias e suor seco que ficam aderidos aos mesmos.
  • Atenção à dieta.
  • Tratar problemas na pele que possam estar perpetuando o cheiro, como micoses.
  • Tomar banho diariamente.

Para casos extremos, é necessário procurar ajuda médica e um tratamento específico.






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nosso site, você concorda com tal monitoramento
Criado por WP RGPD Pro