Comportamento

Por quais motivos as mulheres são mais sensíveis que os homens?

É interessante saber que, embora muitas mulheres sejam firmes, bravas e não demonstrem muitos sentimentos, a maioria delas é muito mais carinhosa e sensível do que os homens. Normalmente, homens são vistos como indivíduos mais racionais, enquanto as mulheres demonstram mais emoções.

No artigo de hoje, você vai descobrir que, um estudo recente, realizado por pesquisadores da Universidade de Montreal e o Instituto Universitário em Saúde Mental de Montreal, no Canadá, descobriu que certas diferenças no funcionamento cerebral afetam a forma como homens e mulheres respondem a imagens negativas.

O estudo foi inspirado nas diferenças em doenças mentais observadas entre os dois gêneros. “Nem todos são iguais quando se trata de doenças mentais”, diz Adrianna Mendrek, uma das pesquisadoras. “As mulheres podem ter maior reatividade emocional por serem duas vezes mais propensas a sofrer de depressão e transtornos de ansiedade do que os homens, então isso pode explicar muitas coisas”.

Alguns outros estudos já indicavam que mulheres e homens reagem de maneira diferente a estímulos emocionais. Mendrek e sua equipe descobriram anteriormente que o sistema límbico (parte do do cérebro que cuida das emoções e da memória central) reagiu de forma diferente entre homens e mulheres quando os participantes foram apresentados a imagens negativas. Assim, eles decidiram dar um passo adiante neste estudo, já que agora escolheram pesquisar se os níveis hormonais também afetam esse processamento psicológico.

 

Entenda o estudo

A pesquisa foi realizada com 46 participantes (21 homens e 25 mulheres), e os estudiosos descartaram alguns potenciais fatores que pudessem contribuir no resultado, como idade, nível de educação, etnia, estado civil e status socioeconômico. Os voluntários realizaram exame de sangue, no início, para medir os níveis de estrogênio e testosterona, e ver como isso afetaria os resultados.

Depois dessa fase inicial, os participantes foram então expostos a imagens que evocaram emoções positivas, negativas ou neutras, enquanto eram submetidos a exames de imagem por ressonância magnética funcional (FMRI). Eles também tiveram que rever suas respostas emocionais ao olhar para cada imagem.

Os resultados

O estudo constatou que os homens reagiam muito menos a imagens emocionais do que as mulheres. Os níveis mais altos de estrogênio pareciam indicar maior sensibilidade às imagens, enquanto os níveis mais altos de testosterona estavam associados a indivíduos menos sensíveis.

Ao avaliar a reação do cérebro às imagens, os pesquisadores descobriram que o córtex pré-frontal (PFC) e a amígdala cerebelosa no hemisfério direito do cérebro foram ativados tanto para homens como para mulheres. No entanto, a conexão entre esses dois componentes foi mais forte nos homens, levando à interação adicional entre essas duas partes, e assim diminuindo a sensibilidade aos estímulos.

Os pesquisadores ressaltaram que as reações do córtex pré-frontal e da amígdala cerebelosa podem nos ajudar a revelar muito sobre como as pessoas processam suas emoções. O córtex pré-frontal é a parte do cérebro que ajuda a processar interações sociais, e também é o mediador de raciocínio, emoções e percepções. A amígdala cerebelosa, por outro lado, é a parte usada para detectar ameaças, e muitas vezes é desencadeada quando alguém sente tristeza ou medo.

“Uma ligação mais forte entre essas áreas nos homens sugere que eles tenham uma abordagem mais analítica do que emocional quando lidam com emoções negativas”, diz Stéphane Potvin, professora associada do Departamento de Psiquiatria da Universidade de Montreal. “É possível que as mulheres se concentrem mais nos sentimentos gerados por esses estímulos, quando os homens permanecem um pouco ‘passivos’ em relação às emoções negativas, tentando analisar o impacto e os estímulos “.

A equipe de Mendrek acredita que seu estudo mostra exatamente como os cérebros masculino e feminino parecem funcionar de forma diferente a nível psicológico. “Há fatores biológicos e culturais que modulam nossa sensibilidade a situações negativas em termos de emoções”, completa Mendrek. Ela concluiu que o próximo passo é pesquisar exatamente como os hormônios afetam as reações das pessoas a vários tipos de emoções, como tristeza, medo ou raiva.

Conclusão

Diversos fatores podem contribuir para que hajam exceções, como homens mais sensíveis e mulheres mas racionais, mas a ciência explicou de que maneira o organismo delas é mais suscetível a alguns estímulos emocionais.

Fonte | Imagens






Comentários

23 de outubro de 2018 at 20:21

Nossa mudou meu modo de ver a vida. Estava meio depresiva por ter passado umas descepcoes mas estou bem melhor agora. muito obrigado…



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nosso site, você concorda com tal monitoramento
Criado por WP RGPD Pro