depois de cair no pecado
Religião / Vídeos

Os grandes males do pecado e a perturbação depois da queda

Quem quer ser santo, faz de tudo para não pecar e é este o desejo que você deve ter no seu coração. O pecado é uma desobediência a Deus e você não pode querer pecar por amor ao Senhor. Será que você já chegou no estágio de preferir a morte ao pecado? Não podemos pensar que “um pecadinho não tem nada a ver”. Esse e outros assuntos serão abordados no artigo de hoje.

Veja também:

A maneira certa de lidar com o pecado

Somos humanos e temos uma tendência a pecar por nossa natureza corrupta. O demônio sugere as tentações para nos derrubar, e quando faz isso, gostar de nos perturbar com um sentimento terrível de culpa. O inimigo quer aumentar seu desespero depois da queda, mostrar que seu pecado é enorme e imperdoável, para que você não se levante mais.

Nessa horas de queda, não se inquiete e não se desespere por isso. Depois do pecado, não adianta ficar desesperado pois essa é uma artimanha diabólica. Quando você pensa que já não pode ser perdoado e que é um pecador incorrigível, passa a não lutar contra o pecado.

A inquietação é utilizada pelo diabo para que você caia em outras áreas e você precisa lutar contra isso com a graça de Deus. Depois de cair no pecado, em vez de se culpar, é preciso humilhar-se, reconhecer suas faltas e recorrer a Deus, realizando um ato de amor ao Senhor.

O vídeo que você verá a seguir traz esse tema com muitos outros detalhes e faz parte da série Itinerário da Castidade, de Frei Gilson.

É muito recomendável que você assista também os outros vídeos dessa série que vai te ajudar a viver a castidade como foi sonhada por Deus para a sua vida.

Autor

Católico Apostólico Romano, Publicitário, funcionário público, ilustrador e blogueiro. Apreciador de quadrinhos, artes e tudo o que pode transformar vidas para melhor. Acredita que fé em Deus, conhecimento, troca de informações e experiências podem ajudar a construir um novo mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *