Aprenda a trocar o pneu do seu carro e não passe apuros desnecessários

Só percebemos que não sabemos determinadas coisas quando a situação acontece e passamos por um grande apuro. Trocar o pneu do seu carro é uma tarefa que pode se tornar complexa se você tentar aprender em uma situação de emergência, no meio da noite e em um local perigoso. Como prevenir é melhor do que remediar, que tal aprender a trocar o pneu agora?

Quem ama o perigo, morrerá por causa dele

Santo Tomás de Aquino diz que quando nos expomos voluntariamente ao perigo ou não nos afastamos dele, Deus se entristece e acaba por nos abandonar, porque respeita a nossa liberdade. Se você quer errar, a escolha é sua e as consequências serão assumidas por você. Fazer isso é tentar a Deus.

A importância da fuga das ocasiões perigosas para a castidade

Quem não foge das ocasiões perigosas sempre acaba se perdendo. E o mundo oferece ocasiões em diversas oportunidades, o que faz ser muito fácil pecar se não oramos e vigiamos. O pecado a gente não enfrenta, a gente foge dele!

A importância da educação para a fuga do pecado

A educação bem aplicada, como querida por Deus, é fundamental para uma sociedade que aprende a fugir do pecado. Se queremos um mundo novo, com pessoas novas, precisamos mudar totalmente a estrutura educacional que vem influenciando negativamente nossas crianças. O que você acha que meninos e meninas estão aprendendo com a TV, celular e até mesmo ideologias malignas nas escolas?

Precisamos substituir o preconceito pela generosidade

Vivemos tempos em que muita gente perdeu a capacidade de amar, de respeitar e de pensar no bem do próximo. O preconceito cria barreiras e impede a solidariedade, mas também torna impossível encontros que poderiam ser benéficos para todos.

Feche as portas e evite as ocasiões de pecado

Existe um grave perigo para as pessoas que não evitam as ocasiões de pecado. Quando alguém vence uma paixão, um pecado, mas permanece se sujeitando a ocasiões de pecado, corre o risco de cair novamente. Devemos renunciar as más companhias, a curiosidade prejudicial, os olhares impuros, entre outras ocasiões.