mau humor

Distimia, quando o mau humor passa a ser doença

É interessante saber que o mau humor atinge milhares de pessoas atualmente e que, muitas vezes, é inevitável passar por momentos de irritação e estresse. Também sabemos que sempre é fácil reconhecer quando alguém tem depressão. Enquanto a forma mais severa da doença impede que a pessoa trabalhe e faça as atividades do dia a dia, existem outros tipos da doença com sintomas menos intensos que acabam passando despercebidos. Uma delas é a distimia. Vamos saber mais?

bota com raiva

Quando a mulher canta “bota com raiva”

Bota com raiva é uma expressão muito usada por mulheres em funks chamados de “proibidões” por utilizarem linguagem vulgar, depreciativa e de baixo calão. Para muita gente, é muito prazeroso ouvir esse tipo de melodia, para outros é totalmente desagradável. Em um dos quadrinhos que você verá hoje, falo sobre este tema e o que penso quando a própria mulher se trata como um objeto. Também temos outros temas mais leves e divertidos, feitos em parceria com o Satirinhas. Vem conferir com a gente?

Pessoas que marcam nossas vidas

Pessoas que marcam nossas vidas e vão embora

Pessoas que marcam nossas vidas e vão embora deixam uma lacuna, que frequentemente é preenchida com dor e ressentimento. Se libertar do sofrimento causado por alguém que não nos deu o valor necessário pode ser difícil, principalmente quando criamos expectativas elevadas. Não tem jeito, toda experiência deixa uma marca e devemos meditar sobre cada acontecimento e sobre o rumo que nossa vida vai tomando ao longo dos anos. O que as pessoas que passam estão deixando na sua vida? Entulho ou adubo para o seu crescimento?

5 curiosidades sobre o mercado de trabalho no exterior

5 curiosidades sobre o mercado de trabalho no exterior

Aprenda mais sobre o mercado de trabalho no exterior e veja como iniciar sua carreira internacional!

O número de brasileiros que gostaria de morar em outro país é bem grande. De acordo com uma pesquisa Datafolha de 2018, 62% dos entrevistados de 16 a 26 anos gostaria de se mudar para o exterior.

O desejo também se encontra em outras faixas etárias, já que a porcentagem de interessados foi de 50% entre 25 e 34 anos, 44% entre 35 e 44 anos, 32% entre 45 e 59 anos e 24% para quem tem mais de 60 anos. Foram entrevistadas quase 2.100 pessoas de todo o Brasil.

Por consequência, o interesse em trabalhar fora do Brasil também é muito grande, mas nem todas as pessoas que estão nesse grupo sabem o que devem fazer para conseguir realizar esse objetivo.