A gravidez de um homem transgênero é arriscada?


Trystan Angel Reese: homem transgênero grávido. (Foto: Reprodução/Facebook)

É interessante saber que hoje em dia na sociedade existe uma liberdade cada vez maior sobre a sexualidade, ainda que existam preconceitos, as situações atuais eram impensáveis há algumas décadas atrás. Tantas opções permitem que situações curiosas surjam e a medicina precise dar respostas.

Loading...

A gravidez de homem transgênero é possível? Tem riscos? Pode parecer complicado, mas Revista Glamour entrevistou um especialista e mostraremos um resumo das possibilidades para o homem e seu bebê.

Trystan Angel Reese: homem transgênero grávido. (Foto: Reprodução/Facebook)
Trystan Angel Reese: homem transgênero grávido. (Foto: Reprodução/Facebook)
Loading...

“Se ele engravidar é porque o ovário assumiu a sua função e, se ele não usar o hormônio masculino, não vai haver risco nenhum para o neném, sendo considerada uma gravidez como outra qualquer”, explica Amanda Athayde, diretora do Departamento de End. Feminina e Andrologia da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).

Loading...

A especialista ressalta que é imprescindível que o homem trans interrompa imediatamente o tratamento com o hormônio masculino (testosterona). O motivo é que isso pode masculinizar a genitália de um bebê do sexo feminino ou prejudicar a formação da genitália de um bebê do sexo masculino. Caso seja mastectomizado, o trans não poderá amamentar por não ter mamas para a produção de leite.

Amanda ainda ressalta ainda que, se o homem transexual ficar um período longo sem fazer o tratamento com os hormônios masculinos, a progesterona pode se sobrepor a eles em um curto tempo. “Tudo depende do tipo exemplo de hormônio utilizado, seja via oral, gel, injetável de ação rápida ou prolongada. Em alguns casos, em um mês os ovários já podem assumir sua função novamente.”

Assim como toda gravidez, a de um transgênero deve ser acompanhada de perto por um especialista.

Loading...

One Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais: Curiosidades