Coisas que você não sabia sobre o cubo mágico.


É interessante saber que o cubo mágico é um objeto que intriga muitas pessoas, tanto para tentar resolvê-lo, quanto para tentar entendê-lo. Você já tentou resolver um cubo mágico? Vamos saber mais sobre ele!

Ernõ-Rubik-inventor-do-cubo-mágico

Ernõ Rubik, inventor do cubo mágico.

O cubo de Rubik ou cubo mágico foi criado no dia 19 de maio de 1974 pelo escultor e professor de arquitetura húngaro Ernõ Rubik. Aos 29 anos, o professor trabalhava no aperfeiçoamento de um modelo que o ajudasse a explicar a seus alunos os conceitos da geometria tridimensional. Numa das tentativas, acabou criando o cubo colorido.

Não era para ser o cubo mágico

O desafio de Rubik era construir um cubo formado por 26 mini-cubos que se movessem em blocos individuais de 9 peças sem que a estrutura geral fosse comprometida. Ele se inspirou nas pedrinhas do Rio Danúbio, que tinham bordas maleáveis.

Primeiro, o arquiteto tentou usar elásticos para segurar o bloco, mas não deu certo. Ele então bolou um mecanismo cuja própria estrutura era suficiente para estabilizá-lo. Esculpiu e encaixou os 26 mini-cubos a mão e depois colou adesivos de cores diferentes em cada face do cubo grande.

O invento acabou não sendo útil ao professor de arquitetura. Isso porque, da primeira vez que suas peças foram embaralhadas, foi muito difícil retorná-las à posição original. Rubik demorou um mês até conseguir fazer isso.

Rubik fez o requerimento para a patente de seu invento na Hungria em janeiro de 1975, e emprestou a engenhoca a uma pequena fábrica de brinquedos de Budapeste. Em 1977, começava a comercialização no mercado local. Foi o início do sucesso do brinquedo intrigante.

São muitas combinações

Existem mais de 40 quatrilhões de combinações possíveis em um cubo mágico (são exatamente 43.252.003.274.856.000 combinações). Muito, né?

_________________________________________

Com informações de Guia dos Curiosos.

Comente com seu Faceboook:


sobre Altair Fonseca

Publicitário, funcionário público, ilustrador e blogueiro. Altair é apaixonado por quadrinhos, artes, curiosidades e tudo de bom que pode ser apreciado. Acredita que conhecimento, troca de informações e experiências podem ajudar a construir um mundo melhor.